jusbrasil.com.br
21 de Agosto de 2019
    Adicione tópicos

    Reportagem do G1 afirma que ampliar a Defensoria Pública é uma das soluções pra crise carcerária

    O site de notícias G1 listou 35 medidas prioritárias para resolver as crises nos presídios brasileiros, em uma reportagem publicada neste domingo (22). Entre as soluções necessárias, especialistas citaram a ampliação da Defensoria Pública no país.

    A matéria abordou ações que, em algum momento, foram aplicadas pela administração pública, pelo Sistema de Justiça e entidades não governamentais para resolver o problema dos presídios e ouviu especialistas sobre quais seriam as mais urgentes para coibir cenas como as de rebeliões que deixaram mais de cem mortos em janeiro deste ano.

    Entre os dados apontados, afirmou que o Brasil tem 37% de presos provisórios e uma das razões é a falta de defensores públicos. Apesar do crescimento da Instituição, apenas quatro Estados tinham Defensoria em todas as comarcas.

    Segundo recente levantamento do Colégio Nacional de Defensores Públicos-Gerais (Condege) feito a pedido de revista Exame, há hoje 5.873 defensores públicos espalhados pelo país. Isso equivale a um defensor para cada 967,6 mil habitantes.

    Outras medidas citadas são: audiências de custódia, penas alternativas, mutirão carcerário para reduzir superlotação, melhoria de infraestrutura e higiene nos presídios e outras.

    Leia a matéria completa aqui.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)